sexta-feira, 19 de junho de 2015

Coisas que o intercambio ensina - pt. 2

Descobrir a si:


Ja parou para pensar que você viveu toda uma vida construindo sua personalidade em cima das escolhas que precisou fazer ao longo dela? Até certo ponto em que a pessoa que você uma vez foi não corresponde a quem é hoje! Essa oportunidade, de perceber isso é proporcionada pelo intercambio. Quero dizer, você está em um país novo, com pessoas novas, língua nova. Tudo aquilo que você era ou conquistou antes só lhe serve de experiência agora, mas, certamente, um novo caráter irá te assumir.

Suas vontades que foram uma vez esquecidas pela rotina de sua antiga vida ressurgem e te lembram o que sempre quis. No meu caso: Quem me conhece já me ouviu dizer que eu sempre tive vontade ir para a Nova Zelândia ou Austrália e até morar em um destes países. Quando a oportunidade me foi concedida e de fato pisei nesta terra, era um sonho sendo realizado, e, ao mesmo tempo, abrindo portas para que outros sonhos pudessem ocupar espaço.

Onde mais gostaria de ir? Qual o meu novo proposito? Estou pronto para o que vem pela frente?

Essas perguntas pertinentes que te fazem refletir um pouco mais sobre suas qualidades, capacidades e te põem em contato com aquela vontade que surgiu há muito tempo atrás. Voce passa a descobrir a si a medida que passa mais tempo consigo mesmo sem interrupcoes, esta é a formula. Como disse Paulo Coelho no fantástico livro O Alquimista, "devemos correr atrás dos nossos sonhos,(...) eles nos são apresentados quando ainda jovens, mas com o tempo as pessoas param de acreditar nestes sonhos". A certa liberdade que o intercambio proporciona (sim, de família, amigos e estudos) te faz lembrar de seus desejos mais intimos antes de todas estas coisas ocuparem-lhe a mente, e quanto mais cedo se percebe isso, melhor.

'Recomeçar' a vida com alguma experiência nos permite descobrir a si.

Mudar sua Visão:

"Nem todos aqueles que vagam estao perdidos" - J. R.R. Tolkien
Esta é relativamente simples. Estar em contato com diferentes culturas te faz perceber o 'real' tamanho do mundo. Mundão! Saber que algumas horas de avião de distância existe um país com outra língua, outro passado, outros problemas e outra natureza!

Como uma quebra da ilusão. Ilusão de que somos muito importantes, de que o mundo gira de acordo com o que fazemos, e que se estende até onde temos controle sobre o mesmo. Tudo isto está errado, claro, e é evidente quando falamos. Tanto é que a reação mais comum é o simples: "Sim" ou "Verdade", mas uma vez que realmente consideramos esta questão, ocorre como um 'clique'.

O que estou fazendo?


Estou desperdiçando meu tempo pensando assim, ainda que inconscientemente. Preciso conhecer de fato este mundo que vivo! Ter mais experiências! 

É mais fácil se conectar com as pessoas e com os problemas mundiais após um intercambio, muito mais, se escolher um trabalho voluntario (o que não foi meu caso, mas tendo em vista que pretendo fazer.) É como uma lição de humildade. Somos pequenos, e independente de estar presente ou não, o mundo continua girando, seja em casa, seja em outro país.

A melhor parte disso é esta integração com as causas humanas, o senso de dever em ajudar o mundo, tão virtuoso quanto se pode dizer. Este é o verdadeiro beneficio de mudar sua visão.

2 comentários:

  1. Oi Davi!
    Vc me fez parar pra pensar na questão dos sonhos! Eu tinha sonhos que realizei e outros que nem sabia que tinha vontade... e agora?! O que correr atrás na vida? ~acho que vou aproveitar as horas de aeroporto na volta pra pensar numa resposta... hahaha

    Ótimo seu blog, tenho vontade de conhecer a Nova Zelândia, quem sabe um dia, né? (:
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ei Louisy!
      Quando temos um momento para pensar sobre nossos sonhos a coisa toda toma outro rumo mesmo! haha Recomendo para você a leitura do livro que citei aqui 'O Alquimista - Paulo Coelho' é um livro fantástico que fala muito sobre isso ;) Aprendi bastante com ele, trouxe como meu livro de bordo aqui na NZ, reli, dei de presente e ainda comprei uma versão em inglês. (Acho que dá pra ter uma ideia de quanto gosto dele haha)

      Obrigado pelo elogio! Gostei muito do teu blog também, ele inclusive me ajudou com o novo Design.
      Venha para a Nova Zelândia sim, esse pais é incrível! E quando vier você já tem uma boa referência de um blog de viagem agora haha

      Beijos!

      Excluir